Islândia

Reykjavik, Parque Nacional Thingvellir, Saudarkrokur, Husavik, Seydisfjordur, Hofn, Hella e Blue Lagoon

Dia a Dia:

1° Dia – Chegada a Keflavik e início da viagem de carro

Pernoite: Hveragerdi

Chegada ao Aeroporto Internacional de Keflavík e retirada do carro alugado na loja da locadora Hertz no aeroporto. Você terá GPS e mapa do país à sua disposição. Ponha o pé na estrada e dirija em direção à costa sul, passando pela Península de Reykjanes para então chegar ao charmoso vilarejo de Hveragerdi para a primeira noite. O lugar é um dos únicos no mundo localizados sobre uma área geotermal e, por conta das muitas fazendas de estufa (“greenhouses”) aquecidas pelas águas termais das proximidades, é chamado de cidade das flores.
Todo seu itinerário e documentação de viagem serão entregues no seu primeiro hotel.

2° Dia – Ida de Hveragerdi para a região sul, passando por Gullfoss, Geysir e pela Costa Sul | (aprox. 190 km)

Pernoite: Vik ou Hella

Comece o dia com uma visita inesquecível à cascata de Gullfoss, a famosa “Cascata de Ouro” e à zona geotermal de Geysir (bilhete de entrada não incluído, e deverá ser pago localmente), onde se encontra o grande gêiser que deu o nome a todos os outros, cujo jato d’água chega a 28m de altura. Continue pela costa sul e conheça outras belezas como as cascatas de Seljalandsfoss e Skógafoss; o famoso glacial Eyjafjallajokull e seus arredores, onde ocorreu a grande erupção vulcânica de 2010; e Dyrholaey, uma península rochosa onde milhares de aves fazem seus ninhos durante o verão.
Nota: Dyrholaey fica fechada para visitação durante o período de ninhada, de meados de maio a fim de junho.
Opcionalmente, faça um passeio de rafting na região de Geysir; ou visite o Saga Center em Hvolsvöllur (centro de cultura e informação turística da região de Rangárþing eystra); ou cruze de ferry até a Westman Islands (ilhas que surgiram por conta da atividade vulcânica no fundo do mar); ou conheça o Visitor Center do vulcão Eyjafjallajökull. Os passeios opcionais não estão incluídos no preço do programa.

3° Dia – Passeio de carro para conhecer a Lagoa do Glaciar Jokulsarlon, o Parque Nacional Skaftafell e Vik  | (aprox. 385 km)

Pernoite: Vik ou Hella
Aproveite o dia para conhecer um dos lugares mais bonitos da Islândia, a Lagoa do Glaciar Jokulsarlon. Antes de chegar à lagoa, pare no Parque Nacional Skaftafell, que guarda pitorescas formações causadas pelo encontro do gelo com o fogo. Um oásis verde com diversas opções de trilhas. O percurso até a lagoa passa por cachoeiras e Ingolfshofdi, ponto mais ao sul da Islândia, que, se você navegar dali sempre em linha reta, não encontrará nada no caminho até a Antártica! A Lagoa do Glaciar Jokulsarlon está sempre cheia de icebergs, um visual deslumbrante! Aqui, existe a opção de embarcar em um passeio opcional de barco para observar de perto os enormes blocos de gelo que se desprenderam da língua do glacial Breidamerkur. Curisosidade Paratii: Esta paisagem serviu de cenário para as filmagens do filme “James Bond – Um Novo Dia para Morrer”. No retorno ao hotel, visite a graciosa vila de Vík.

4° Dia – Passeio de carro pelo Parque Nacional Thingvellir e região do fiorde Borgarfjordur | (aprox. 400 km)

Pernoite: Borgarnes ou Saurbaer
Dirija até Thingvellir onde está Althing, parlamento nacional da Islândia, fundado em 930, o mais antigo da história da humanidade. Esta área é conhecida por suas espetaculares formações de lava e único lugar do mundo onde é, de fato possível, ver duas placas tectônicas (a norte-americana e a euroasiática) se separando. Hoje, Thingvellir é um Parque Nacional considerado por muitos o mais importante do país, onde a aérea protegida será para sempre propriedade da nação islandesa. Continue até o fiorde de Borgarfjordur para visitar a histórica Reykholt, onde viveu um dos personagens mais importantes da história islandesa, Snorri Sturluson, famoso poeta e político da Idade Média; as belas cascatas de Hraunfossar e
Barnafoss; e Deildartunguhver, a mais forte fonte de água termal da Europa.

5° Dia – Passeio de carro para conhecer a Península de Snaefellsnes | (aprox. 330 km)

Pernoite: Borgarnes ou Saurbaer
Explore as incontáveis belezas naturais da Península de Snaefellsnes, a oeste da região de Borgarfjordur. Ali está o vulcão Snaefellsjokull (Glacial de Snæfellsnes), reconhecido como um dos símbolos da Islândia. Com uma altitude de 1446 metros é uma das montanhas mais altas da península, com a característica de ter um glacial no topo.

Curiosidade Paratii: Esta montanha é conhecida por ser o local onde se desenvolve a novela do escritor francês Jules Verne, “Voyage au centre de
la Terre” (Viagem ao Centro da Terra), e também foi a escolhida para a obra “Sob o Glaciar” do escritor islandês Halldór Laxness, premiado com o Nobel da Literatura. Passeie pelos vilarejos de pescadores da península, como a encantadora Arnarstapi com penhascos cheios de pássaros e a praia rochosa de Djupalonssandur, antes do regresso a Borgarfjordur. Opcionalmente, faça um passeio de barco (2h) na baía de Breidafjordur desde Stykkisholmur ou um passeio em snow scooter no glacial de Snaefellsjokull.

6° Dia – Ida para Reykjavik, passando pela Península de Reykjanes e pela Blue Lagoon | (aprox. 170 km)

Pernoite: Reykjavik
Dirija através da Península de Reykjanes e conheça os arredores do Lago Kleifarvatn e a área geotermal de Krysuvik, com suas piscinas de lama borbulhantes. Visite a vila de pescadores Grindavik e a famosa Blue Lagoon para um mergulho relaxante nas águas termais mais famosas do mundo. A infraestrutura do lugar é impressionante, com banheiros e armários à disposição de seus visitantes. Para sua agilidade, nossa sugestão é que leve uma mochila pequena com roupa de banho e chinelo.

7° Dia – Ida de Reykjavik para Keflavik. Devolução do carro alugado e embarque em voo de saída

Dirija até o Aeroporto Internacional de Keflavík para devolução do carro alugado e embarque
em seu voo de saída.

Incluído no Roteiro

Somente parte terrestre
Hospedagem
1 noite com café da manhã na região Sudoeste (Hveragerd);

2 noites com café da manhã na região Sul (Vik ou Hella);
2 noites com café da manhã na região Oeste (Borgarnes ou Húsafell);
1 noite com café da manhã em Reykjavik.

Aluguel de carro
6 diárias de aluguel de carro – modelo Toyota RAV4 4wd automático, Suzuki Grand Vitara 4wd automático, Hyundai iX35 4wd automático ou similar – com Km livre, seguros CDW e TP, imposto VAT, tablet com aplicativo interativo em inglês (com mapas, informações sobre pontos de interesse ao longo da rota, informações sobre os hotéis reservados, mapa das rodovias em outros idiomas incluindo o espanhol) e sistema GPS (um aparelho convencional também será entregue);
Retirada e devolução no Aeroporto de Keflavik;

Um cartão de telefone celular com número local para emergências, que pode ser usado em qualquer celular desde que o mesmo esteja desbloqueado.

Bilhete de entrada na Blue Lagoon, incluindo aluguel de toalha e uma bebida.

Assistência Internacional
Plano ASSIST CARD AC35. Consulte-nos sobre informações e coberturas incluídas.

Não Incluído no Roteiro
Imposto de remessa ao exterior (IRRF) de 6,38%;
Passagem aérea desde o Brasil e taxas de embarque;
Despesas com documentação;
Despesas pessoais como telefonema, lavanderia e gorjeta;
Passeios além dos citados neste programa;
Refeições e bebidas não citados nos itens incluídos;
Taxa de entrada aos locais a serem visitados ao longo do roteiro;
Combustível, pedágios e estacionamento em Reykjavík (pago localmente);
Qualquer outro item não mencionado como incluído.

Não inclui parte aérea pois os valores dos voos mudam quase diariamente. Sabendo disso, fazemos a consulta no ato da reserva para verificar as melhores condições.

Notas importantes
O condutor deve ter no mínimo 23 anos de idade para dirigir carros do modelo mencionado.
Preços não válidos para período de feriados locais, Natal e Ano Novo

Quando ir: maio a setembro
Comece pela charmosa capital, Reykjavík, a oeste, e seguir até o Lago Mývatn e as piscinas de Mývatn Nature Baths, na região norte – de onde partem os melhores passeios da Europa para observar baleias. Depois vêm os fantásticos fiordes do leste e, no cênico litoral sul, o glaciar de Jökulsárlón, a praia de areia preta de Reynisfjara, os abismos de Dyrhólaey e as cachoeiras de Skógafoss e Seljalandsfoss. Na região do “Círculo Dourado” pode-se inclusive mergulhar entre duas placas tectônicas.

MOTIVOS PARA VIAJAR – Viajar de carro permite desbravar com autonomia as múltiplas paisagens dessa ilha de natureza espetacular: gêiseres, vulcões, cachoeiras, glaciares e piscinas de água quente convidativas em pequenas cidades charmosas e modernas, que cultuam a arte, a música e a moda. Esta sugestão de roteiro é a que melhor contempla essa variedade.

PAISAGEM DA JANELA – À medida que se roda por estradas impecáveis, surgem paisagens inesquecíveis: campos de lava como o de Eldhraun, que faz lembrar o solo lunar; cachoeiras de 60 metros despencando das montanhas; glaciares a perder de vista formando lagos com icebergs; abismos sobre vastas praias de areia preta vulcânica, às vezes pontilhadas por pedaços de icebergs; e belas piscinas de águas termais.

NÃO DÁ PRA PERDER – Procure conhecer o vale dos cavalos islandeses, Skagafjördur Fjord, onde você poderá montar ou assistir a uma apresentação do famoso cavalo islandês, quase do tamanho de um pônei e respeitado como o único do planeta que anda de cinco modos diferentes (as outras raças andam apenas de quatro formas). Se possível, faça uma cavalgada com eles.

POR QUE IR AGORA – A Islândia era pouco conhecida até ficar famosa pela crise econômica de 2008 e, em 2010, pelo vulcão Eyjafjallajökull, que parou o tráfego aéreo europeu (e virou atrativo para viajantes curiosos). Com vulcões ativos, cidades vibrantes e povo simpático, está se tornando a bola da vez do turismo mundial de gente antenada – ou seja, é bom ir logo antes que se massifique.

EXPERIÊNCIAS ÚNICAS – Fazer um passeio para observar baleias em um antigo barco pesqueiro de madeira, em Húsavík, é uma das vivências mais bacanas na Islândia. O lugar brilha como um dos melhores do mundo para avistar as humpbacks, as minkes e até as gigantes baleias-azuis, além de orcas e golfinhos. Para dar ainda mais clima, a embarcação é pequena, restaurada e proporciona uma experiência como a dos habitantes locais que navegavam ali décadas atrás.

OLHAR – A grande maioria dos viajantes conhece apenas a charmosa Reykjavík e as atrações (fantásticas) do litoral sul. Mas vá por nós e avance para o norte do país, onde fica o impressionante Lago Mývatn, e para as áreas remotas das Highlands, que exibem as montanhas coloridas de Kjolur e Landmannalaugar. Os fiordes do leste também estão fora do circuito mais batido: no Parque Nacional Jökulsárgljúfur brilham o cânion de Ásbyrgi e a Cascata de Dettifoss.

Requisitos

  • Passaporte brasileiro: mínimo de 6 meses da validade;
  • Seguro Saúde: Recomendamos sempre que for viajar;
  • Visto: brasileiros não precisam de visto
  • Vacina: sem exigências.

Consulte-nos.

30% de entrada à vista (depósito em conta) e saldo parcelado em até 6x s/ juros no cartão
(pessoa física).
Em todas remessas internacionais há incidência do IR 6,38% – cobrado junto a entrada.

*Valores e condições sujeitas a confirmação de acordo com disponibilidade de lugares no ato da reserva.